Você sabe como funciona a Aprendizagem Baseada em Projetos? Ela é uma metodologia onde o professor não deve expor todo o conteúdo de ensino, o planejamento e a organização das aulas para que os alunos iniciem os trabalhos de pesquisa.

Muito pelo contrário, ela instiga que os os estudantes busquem os materiais e conhecimentos para alcançar os propósitos de aprendizado.

Essa metodologia tem auxiliado professores e instrutores a enfrentar o novo cenário no campo da educação, focando assim nas vivências práticas, levando a uma maior participação dos alunos durante o processo de aprendizado.

Com isso, é possível criar experiências em sala de aula cada vez mais envolventes e significativas, que geram de fato impactos positivos na vida dos estudantes.

A forma de aplicar a Aprendizagem Baseada em Projetos é bastante simples. Veja abaixo alguns dos passos e tópicos principais e mais comuns para seguir:

Um dos princípios desta metodologia é fazer com que cada estudante seja capaz de interagir com a sua realidade, identificando problemas e sugerindo melhorias, situações ou resoluções. Deste modo, os alunos sugerem uma ou mais formas de prevenir ou solucionar um problema.

A Aprendizagem Baseada em Projetos consegue ainda envolver o ensino híbrido de diferentes recursos e métodos, além da trans e interdisciplinaridade. Em outras palavras, engloba temáticas, competências e recursos de várias matérias acadêmicas.

Entendendo mais sobre essa metodologia

O aprendizado baseado em projetos incentiva os estudantes na construção de resoluções para problemas do dia a dia, de forma individual e em grupo, sempre coerente com a sua realidade.

Ela é pautada e organizada na construção de conhecimento a partir de um longo e contínuo estudo, cujo propósito é atender a uma indagação, um desafio ou um problema.

Os estudantes iniciam um processo de pesquisa, onde estabelecem e criam hipóteses, bem como o processo de procura por recursos para conduzir essa atividade. Envolve ainda a busca de uma aplicação das informações na prática, obtida até se alcançar um produto ou uma solução.

A ideia central é iniciar com um problema ou desafio, onde não há respostas fáceis ou óbvias. Isso exige que os alunos estimulem a imaginação, a busca por soluções, a troca de ideias e o trabalho em grupo.

Dessa forma, a Aprendizagem Baseada em Projetos une o ensino e a prática, envolvendo o aluno na exploração do contexto e no desenvolvimento de soluções e ideias reais, a partir dos conhecimentos e da comunicação.

O uso de ferramentas é outra característica dessa metodologia. Os estudantes se utilizam de diversos recursos como gráficos, levantamentos, pesquisas, estatísticas, vídeos, aplicativos e programas. Com isso, eles podem demonstrar seus conhecimentos e soluções.

Preza pela construção e desenvolvimento de projetos, trabalhando de forma positiva com os processos de erro, acertos e testagens.

O papel do professor nesse processo

Um dos objetivos da forma como essa metodologia se estrutura é focar na criação de projetos, com etapas, pesquisas e todas as características que compõem esse formato. Isto porque busca se assemelhar aos formatos profissionais, de empresas, organizações e ambientes.

Ao invés do docente ministrar aulas expositivas, longas e monótonas, ele busca uma construção conjunta, planejando projetos colaborativos. Ademais, esse formato desenvolve diferentes habilidades que os estudantes necessitarão no desenvolvimento de soluções no mundo real.

O professor possui então o papel de mediador, orientador, intermediando, colaborando e tirando dúvidas pontuais dos alunos. Desse modo, os grupos possuem mais autonomia, chegando a pontos e resultados diferentes, contribuindo para uma discussão e aprendizado plurais.

Os mediadores podem utilizar os recursos e resultados alcançados para compartilhar com os demais, além de avaliações feitas sobre o desempenho dos projetos, enriquecendo ainda mais o processo.

A Aprendizagem Baseada em Projetos tem como propósito integrar diferentes conhecimentos e fomentar o desenvolvimento de competências. Ao estimular a solução para problemas do mundo real permite o controle de quais aprendizados e habilidades serão adquiridos.

Dessa forma, a metodologia pretende que os estudantes não só desenvolvam competências, como construam seus conhecimentos e trabalhem de forma colaborativa.

Resumidamente, essa metodologia propõe trazer o estudante para a ação, participando da construção do seu aprendizado por meio das vivências e planejamentos, ao invés de uma aula explicativa e expositiva.

O estudante consegue aprender alguns processos essenciais para a condução de projetos, como:

-Elaboração de hipóteses

-Refinamento de ideias

-Realização de previsões

-Experimentação de hipóteses

-Coleta de dados

-Realização de novos questionamentos

-Desenvolvimento de materiais concretos (aplicativos, relatórios, documentos etc.)

Quais são as vantagens da aprendizagem baseada em projetos?

Este método extingue uma prática muito comum nas instituições de ensino: o fato de o professor “despejar” ou “depositar” conhecimentos enquanto o aluno apenas “recebe” esses conteúdos mastigados, sem utilizar o pensamento para elaborá-los.

A partir da implementação da Aprendizagem Baseada em Projetos, o aluno precisa mudar de postura e começar a realmente buscar o conhecimento. Sua avaliação não será feita com base na capacidade de reproduzir os conceitos, mas de aplicá-los em situações reais.

Isso gera autonomia de pensamento e tem uma grande influência não só na carreira do indivíduo, mas traz implicações sociais e políticas. Portanto, ele se torna apto a ser sujeito e agente de seu meio.

Além disso, a Aprendizagem Baseada em Projetos possibilita o desenvolvimento de habilidades como autonomia, proatividade e curiosidade para a resolução de problemas.

Também desenvolve a comunicação interpessoal e o trabalho em equipe, tanto entre os alunos quanto entre estudantes e professores. O educador passa ainda a ser um colaborador, orientador, e não apenas o encarregado de transmitir o conteúdo.

Por fim, o método apresenta muitas outras vantagens, sendo essas o aumento do senso da responsabilidade do aluno e maior capacidade e predisposição para realizar trabalhos em equipe.

Veja mais sobre a Aprendizagem Baseada em Projetos através desse infográfico interativo da Porvir.


Willian Echeverria é Content Producer no Edupulses. Graduando em Psicologia e pesquisador em Educação, Aprendizagem e Metodologias Ativas. Willian se desafia todos os dias na busca de novas metodologias e ferramentas ativas que auxiliem no processo de ensino-aprendizagem.

Atualizado por: Danilo Santos e Taiana Delavy.