Experimente grátis
Entrar

Insights

« Voltar para a lista de insights

Dicas para uma aprendizagem efetiva em 2021!

O ano de 2020 foi repleto de desafios. Junto a isso, experimentamos novos formatos, recursos e tecnologias. Ao se colocar frente a novos desafios pudemos também experimentar novas formas de educar, de aprender, de avaliar e gerenciar os estudos.

É por isso e muito mais que precisamos repensar o nosso modo de fazer educação em 2021. Precisamos analisar os erros e acertos, entender quais recursos e formatos nossas instituições irão oferecer, quais as tendências e principalmente o que deu certo ou não na perspectiva dos alunos.

Por mais que ainda estejamos em cenários incertos, a volta às aulas, as reuniões e eventos estão acontecendo gradativamente. Por isso precisamos acompanhar esse ritmo, e não deixar de aproveitar os aprendizados da pandemia.

CORRER ATRÁS DO PREJUÍZO?

Talvez. Essa é uma discussão interessante. Um artigo apenas sobre isso seria bem legal 😊.

Mas é inegável a necessidade de investir tempo e recurso em formatos que podem tornar o aprendizado mais efetivo, e consequentemente nos dando tempo e possibilidades para driblar os desafios e estar preparado.

Já discutimos aqui algumas pesquisas que informaram feedbacks de alunos sobre seu aprendizado, e cremos que neste ponto é onde está o que precisamos ‘correr atrás’. Isso nos leva ao nosso segundo ponto!

SAÚDE MENTAL E ACOLHIMENTO

Sabe-se que o ensino customizado, o acompanhamento de perto, reforço, empatia e outras estratégias podem auxiliar o aprendizado do aluno, ao tornar o ambiente seguro, onde se pode debater sobre fragilidades e dificuldades por exemplo. Mas além disso, é inegável que precisamos entender todo o contexto que nos fez ficar ‘isolados’, e por isso debater sobre saúde mental e acolhimento em sala de aula se torna cada vez mais essencial.

FAMÍLIA MAIS PERTO

Estabelecer um elo mais ativo com a família se tornará essencial, tendo em vista que o último ano foi marcado pelo papel ativo (ao menos assim queremos imaginar) destes atores. Além disso, foi um ano marcado por perdas e rupturas, assim como as dinâmicas familiares permearam todo dia o hábito de estudo.

ENSINO ADAPTADO À REALIDADE

Outro aspecto que tem se mostrado cada vez mais fundamental é o entendimento que o ensino e educação deve ser realista, aplicável e que faça sentido para os alunos. A adaptação e criação de novas metodologias vem justamente propondo estudos reais, casos e debates. Resoluções de problemas do cotidiano, observação e outras estratégias também contemplam essas novas metodologias.

O ALUNO E A GESTÃO DO TEMPO

Saber como gerir o tempo é uma demanda que veio com tudo para nossos alunos. A falta de um marcador espacial como a escola ou instituição fez com que saber gerir seu tempo se tornasse uma competência ou estratégia essencial.

É por isso que debater sobre isso em sala de aula, proporcionar e possibilitar a autonomia e criar outras estratégias é muito importante. Não basta aumentar o número de trabalhos, tempo de estudos ou exigências. Aumentar o tempo de presença dos alunos na escola, por si só, pode inclusive gerar resultados opostos ao esperado, e por isso, é necessário criar estratégias que possibilitem um melhor aproveitamento desse tempo.

NOVOS MÉTODOS E RECURSOS

Os professores não ensinam da mesma maneira, mesmo sendo a mesma disciplina. Portanto, os alunos não aprendem do mesmo modo. Pensando nisso, o uso de novos métodos, metodologias e recursos são muito bem vindos.

Uma característica comum desses formatos é colocar o aluno no centro do processo de ensino-aprendizagem, atuando como ferramenta e recurso ativo.

Podemos citar recursos audiovisuais como podcasts, vídeos e outros. Também os jogos e as metodologias ativas.

METODOLOGIAS ATIVAS

Investir cada vez mais nas metodologias ativas é essencial. E investir significa capacitar os professores teoricamente e na prática, com formações e ferramentas. Conhecer, estudar, testar e aplicar.

As metodologias possibilitam e fomentam o trabalho interdisciplinar, em grupo, de impacto, focado na resolução de problemas reais, onde professor e aluno estão constantemente compartilhando e trocando com essa nova forma de aprender.

Gostou das nossas dicas?

Vem com a gente! Utilize o Edupulses em sua sala de aula, ouça seu aluno e crie um ambiente de aprendizado mútuo e efetivo, tornando suas aulas e eventos cada vez mais incríveis!


Willian Echeverria é Content Producer no Edupulses. Graduando em Psicologia e pesquisador em Educação, Aprendizagem e Metodologias Ativas. Willian se desafia todos os dias na busca de novas metodologias e ferramentas ativas que auxiliem no processo de ensino-aprendizagem.

Compartilhe